Confira 5 dicas de segurança essenciais para animais de estimação

Confira 5 dicas de segurança essenciais para animais de estimação

As condições normais de uma residência podem significar riscos em determinadas situações. Assim, dicas de segurança para animais de estimação sempre são úteis para ajudar os tutores a evitarem experiências desastrosas.

Em especial quando estão sozinhos, os pets acabam encontrando oportunidades que podem colocar em risco sua segurança. Continue neste post e confira 5 dicas de segurança essenciais para animais de estimação. Aproveite a leitura!

1. Instale grades ou telas de proteção

Alguns locais na residência devem ter o acesso impedido para os animais. Para isso, faça uso de grades ou telas estrategicamente instaladas.

Por sua vez, o cuidado com o acesso à rua deve ser especialmente considerado. Do mesmo modo, deve ser evitada a exposição isolada do animal em garagens ou varandas quando de sua ausência na casa, em especial quando se tratar de raças pequenas.

Na parte interna da residência, evite deixar aberta a porta de banheiros, pois alguns animais visam o papel higiênico e o vaso sanitário.

Caso haja filhotes em casa, procure manter inacessíveis os fios dos aparelhos elétricos ligados, pois o hábito de roer pode representar grande risco para o animal.

2. Faça uso da coleira sempre

Não deixe seu animal sem coleira e, ao sair, não o perca de vista. Se acontecer de ele escapar para a rua sozinho, o primeiro sinal visual de que pode estar perdido é a existência do acessório.

Por isso, escreva o número do seu celular na coleira. Essa é a maneira mais direta para um possível contato se o animal for encontrado sozinho.

3. Tome cuidados em relação a piscinas

Piscinas são locais especialmente perigosos para os animais de estimação. Embora muitos nadem bem, de modo geral, a dificuldade para sair da água sozinhos pode conduzir à estafa física e ser fatal.

Uma alternativa que pode ser considerada é a instalação de uma rampa para que o animal possa escapar, caso caia na piscina. Com isso, a ocorrência de acidentes dessa natureza pode ser bem reduzida.

4. Instale câmeras de monitoramento

A instalação de câmeras de monitoramento com transmissão via internet permite a visualização em tempo real. Um posicionamento estratégico alcançando os locais de acesso do animal possibilita um bom acompanhamento à distância, mesmo pelo celular.

As câmeras apresentam uma vantagem extra: constituem um ótimo meio para conhecer os hábitos do animal. Assim, você fica sabendo como ele se comporta e o que costuma fazer quando está sozinho em casa.

5. Garanta a segurança de toda a residência

A melhor forma de garantir a segurança de todos na residência é a contratação de uma empresa especializada. Por meio de uma boa avaliação do imóvel e das condições locais, pode ser indicada a melhor solução para sua casa.

Com isso, não apenas o patrimônio da família fica protegido, como também os animais da casa, principalmente durante os momentos de ausência. Algumas espécies e raças, em razão de seu valor de mercado, são preferencialmente visadas para o furto. E o cuidado com a segurança vale para todos.

Leve em conta, no entanto, que você não deve fazer experiências com a segurança de sua residência e de sua família. Considere apenas as empresas consolidadas e com experiência no mercado, pois são elas que conseguem promover condições de segurança de fato.

Colocando em prática essas dicas de segurança para animais de estimação, você pode ficar mais tranquilo com relação a eles, até quando não estiver presente.

Se você gostou deste post, também vai se interessar por conhecer como é um sistema de segurança para apartamento, uma boa forma de também proteger sua família e seus pets.

Este post tem 2 comentários

  1. Aqui é a Maria Sonia , eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

  2. Oi Maria Sonia, agradecemos o comentário, esperamos sempre ajudar; Obrigada. Estamos a disposição ITA 31 3413 7872

Deixe uma resposta

Fechar Menu